LAFUC © 2016. Criado com Wix.com

Ameerega flavopicta (Lutz, 1925)

Ameerega flavopicta - Autor desconhecido
00:00 / 00:00

Nome popular : Yellow-painted Poison-arrow Frog (Eterovick e Sazima, 2004).

Biologia: Espécie de tamanho médio para o grupo picta. Se assemelha as espécies de Ameerega braccata e A. berohoka, mas pode ser diferenciado pelo maior tamanho, por apresentar um par de linhas dorsais, formada de pontos ou linhas descontínuas de cor amarelada dourada e ausência de manchas axilares de cor vermelho-alaranjado. O aspecto dorsal é preto, com listra marginal que se inicia em uma virilha contorna o focinho até a outra virilha e se torna vermelho-alaranjado na região inguinal e coxa; na parte ventral da perna uma faixa de mesma cor. Além de possuir, uma faixa branca que se inicia abaixo da narina até o braço e cotovelo. Ventre de cor branco azulado ou esverdeado e grandes vermiculações pretas, sinuosas ou ramificadas. Tímpano é evidente, com tamanho menor do que a metade do diâmetro do olho.

Habitat e Ecologia: Espécie de hábitos diurnos, vocaliza em frestas de pedras entre vegetação ripária, próximos de riachos. A desova é terrestre e os machos adultos carregam os girinos nas costas para se desenvolverem nos riachos. Pode não tolerar severas modificações no ambiente.

 

 

 

 

Distribuição: Espécie com ampla distribuição no bioma Cerrado. Pode ser encontrada nos estados de Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Maranhão e Pará (Haddad e Martins, 1994; Frost, 2014).

Ameaças: Desmatamentos e remoção de habitat.

Fase larval: Girinos no estágio 25 possuem em média 11 mm de comprimento (Haddad e Martins (1994). Fórmula oral fileira de dentes 2 (2) / 3 (1), em P2 lacuna bem definida, em P1 lacuna mal discernível (Costa et.al., 2006). Corpo em formato ovóide em vistas lateral e dorsal. Nadadeira dorsal arqueada, ponta da cauda arredondada de coloração cinza-translúcido com manchas pretas, corpo cinza-prateado com manchas pretas em vista superior e ventre cinza com manchas prateadas (Costa et.al., 2006). 

Etimologia: O nome da espécie é derivado de flavo (amarelo) e picta (pontos) em alusão aos pontos amarelos que a espécie possui no dorso.

Figura 1: Distribuição da espécie no Distrito Federal.

Próxima página >>