LAFUC © 2016. Criado com Wix.com

Boana goiana (Lutz, 1968)

Nome popular : Perereca de pijama.

Biologia: Espécie de perereca arborícola de porte médio, pertencente ao grupo pulchellus (Faivovich et al, 2005). Caracterizada pelo padrão de cor dorsal composta por quatro faixas largas de cor creme intercaladas por faixas estreitas de cor marrom, dispostas longitudinalmente. As faixas claras se unem a frente dos olhos e, em seguida, se juntam na frente do focinho. Uma faixa de coloração branca contorna a maxila superior, passa sob o olho e tímpano e se estende até a inserção da coxa. Margem externa da tíbia e coxa com o padrão listrado longitutinal. Ventre de coloração branca. Discos adesivos grandes e membrana interdigital presente (Cruz e Caramaschi, 1998). 

Habitat e Ecologia: Espécie arborícola utiliza riachos de matas de galeria para a reprodução. Pode ser encontrada nas bordas das matas e em mata secundárias. Machos vocalizam em poleiros de árvores e arbustos situados a uma altura de 0,1 a 1,1 metros. Geralmente são territorialistas e é comum encontrar cicatrizes do dorso resultado de interações intrasexuais.Vocalizam durante toda a noite e a reprodução é contínua, ao longo de todo ano (Menin et al 2004).

 

 

 

Goiás. No Goiás é encontrada nos municípios de Alto Paraíso de Goiás, São João de Aliança, Pirenópolis e Silvânia (Cruz e Caramaschi, 1998; Menin et al, 2004; Morais et al, 2012; Frost, 2014). 

Ameaças: Expansão das fronteiras agrícolas,hidroelétricas e exploração madereira constituem as maiores ameaças a espécie.  

 

 

Distribuição: Espécie de ampla distribuição no Brasil Central, associada ao Planalto Central Brasileiro é encontrada no sudoeste do estado de Minas Gerais em Perdizes, Distrito Federal e

Boana goiana - Carvalho D
00:00 / 00:00

Figura 1: Distribuição da espécie no Distrito Federal.

Próxima página >>