LAFUC © 2016. Criado com Wix.com

Odontophrynus cultripes Reinhardt and Lütken, 1862

Nome popular : Sapo-verruga (sugerido).

Biologia: Espécie de tamanho grande para o gênero, pertencente ao grupo cultripes (Caramaschi e Napoli, 2012). Pode ser identificada pelo seguinte conjunto de caracteres: Presença de glândulas paratóides em formato ovóide, glândula tibial e glândulas alongadas na região lateral do antebraço. A coloração dorsal de fundo é cinza-esverdeada com presença de uma faixa de coloração creme-vermelhada, que se estende desde a região da paratóides até a virilha. Glândulas paratóides e tibiais de coloração vermelhada. Região dorsal coberta por pequenos grânulos e focinho achatado e vertical em vista lateral. A vocalização é caracterizada por possuir uma nota curta e pulsada (19-28 pulsos), ocupando uma banda larga na frequência. A duração média é 34 milissegundos e a frequência dominante é 660 Hz (Caramaschi e Napoli, 2012).       

Habitat e Ecologia: Pode ser encontrada utilizando bordas de florestas, matas de galeria e florestas semideciduais.

Distribuição: Ocorre em regiões de altitudes acima de 800 metros no bioma Mata Atlântica e Cerrado. A distribuição mais ao Sul compreende o sul da Serra da Mantiqueira. A distribuição mais a Leste compreende a Serra do Espinhaço e a região norte da Serra da Mantiqueira. A porção mais a Norte e Oeste compreende as regiões de serras e chapadas do estado de Minas Gerais e Goiás (Caramaschi e Napoli, 2012; Frost, 2014

Ameaças: Remoção de habitat e desmatamento constituem as principais ameaças.

 

 

Figura 2: Imago de O. cultripes. Foto: Afonso Meneses

Figura 4: Distribuição da espécie no Distrito Federal.

Figura 3: Amplexo de O. cultripes. Foto: Afonso Meneses

Próxima página >>