LAFUC © 2016. Criado com Wix.com

Próxima página >>

Scinax fuscovarius (Lutz, 1925)

Nome popular : Perereca-de-banheiro, Rapa-cuia.

Biologia: Espécie de Scinax de médio porte, pertencente ao grupo ruber (Faivovich et al, 2005). A coloração dorsal de fundo pode variar do castanho-escuro, castanho-amarelado, verde-oliva ao amarelo-pálido e manchas dorsais irregulares de cor marrom-escuras ao preto. Nas partes escondidas dos membros e flancos há um padrão de cor amarelo entremeado por uma coloração preta. Região dorsal dos membros com faixas transversais de coloração marrom-escuro. Ventre branco ao creme. Discos dilatados bem desenvolvidos nas mão e artelhos. Membrana interdigital ausente nas mão e presente nos artelhos. (Lutz, 1925; Norman, 1994; Uetanabaro, 2008).

Habitat e Ecologia: Espécie arborícola, noturna e de reprodução prolongada. Utiliza áreas abertas para a reprodução. Pode ser encontrada tanto em poças temporárias ou permanentes, em gramíneas e arbustos marginais ou emergentes. Fêmeas depositam ovos envoltos em massa gelatinosa em meio a vegetação aquática. É comumente encontrado em áreas urbanas. Pode apresentar tolerâncias as modificações no habitat(Norman 1994; Eterovick e Sazima, 2004; Uetanabaro et al, 2008).

Fase larval: Comprimento total 38,50 ± 1,65 mm. Corpo comprimido, oval em vista dorsal e triangular em vista lateral. Focinho arredondado em vista dorsal e inclinado em vista lateral. Olhos grandes, lateralmente dirigidos. Espiráculo esquerdo, longo e estreito, com abertura no terço posterior do corpo, posteriormente dirigida, parede centrípeta fundida com a parede do corpo e mais longa do que a parede externa.  Fórmula oral  de 2 (2) / 3 (1); A-1 e A-2 do mesmo comprimento, P-3 ligeiramente menor de P-2. Bainhas da mandíbula com serrilhas cônicas sendo a superior em formato de "M" e a inferior em formato de "V". Coloração em vida prata-acinzentada, com pequenas manchas escuras espalhadas por todo o corpo; nadadeiras translúcidas sem pigmentos.

Ameaças: Espécie não ameaçada.

Distribuição: Espécie de ampla distribuição ocorrendo desde a Bolívia, Paraguai, Norte da Argentina a Região Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil (Frost et al, 2014). No estado do Goiás pode ser encontrada em todo o território e no Distrito Federal (Zerbini e Brandão, 2001; Brandão et al, 2006; Brandão e araújo, 2008; Colli e Brandão, 2008; Cintra et al, 2009; Vaz-Silva et al, 2007, Oda et al, 2009; Kopp et al, 2011; Morais et al, 2011; Morais et al, 2012; Melo et al, 2013). 

Figura 1: Distribuição da espécie no Distrito Federal.

Scinax fuscovarius - Fábio Maffei
00:00 / 00:00