LAFUC © 2016. Criado com Wix.com

Próxima página >>

Siphonops paulensis Boettger, 1892

Nome popular : Cecília-de-Boettger.

Biologia: Anfíbio ápodo de corpo cilíndrico, com aspecto de minhoca e coloração cinza-azulado.  Possui em seu corpo pregas transversais de coloração branca que marca o corpo com 116 segmentos completos. A ponta da cabeça é achatada, o focinho é arredondado e projetado além da maxila inferior. Olhos vestigiais e tentáculo sensorial próximo do olho. Rabo muito curto com ponta inclinada dorsalmente. Cloaca pequena e próxima da ponta do rabo (Cei, 1980).    

Habitat e Ecologia: Anfíbio de hábitos fossorial e difícil visualização. E comum o encontro da espécie em áreas de solos alagáveis, logo após fortes chuvas, quando as tocas submergem e são forçados a ir para a superfície. Alimentam-se de larvas, minhocas e artrópodos. Os ovos são terrestres, depositados em troncos de madeira em decomposição e as fêmeas exercem cuidado parental dos ovos até a eclosão (Cei, 1980; Montero et al, 2005).

Distribuição: Espécie de ampla distribuição geográfica, ocorrendo desde a Bolívia, norte da Argentina, região Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil até o Maranhão e associada a formações abertas do Chaco, Cerrado e Pampa (Cei, 1980; Miranda et al, 2013; Frost, 2014). 

Ameaças: Desmatamento, poluição e destruição do habitat constituem ameaças as populações locais.

Figura 1: Distribuição da espécie no Distrito Federal.